terça-feira, 12 de novembro de 2013

Últimos miaus ADOTADOS!

A intenção aqui não é quantidade (doar o máximo de gatos, com o mínimo de critérios), mas qualidade. Encontrar um adotante que atenda às exigências do blog não é um processo rápido nem fácil. A preocupação não é apenas com segurança, mas também com qualidade de vida (ambiente enriquecido, baixo nível de estresse, veterinário competente, etc).

Pretinha (ex-Charlotte) ganhou mais um irmãozinho! O bebê tigrado é irmão de ninhada do Luggi e cia., mas nem chegou a ser anunciado, ceguinho de um olho, ganhou imediatamente o coração da adotante (gente especial adota animais especiais). ;)

Pipoca foi adotada para fazer a gatinha Shanti mais feliz...e parece que conseguiu! Gatinhos que têm companhia são muuuito mais felizes. ;)

Katniss atraiu os tipos mais bizarros (gente que criava gato há mais de 1 ano e nem arranhador tinha! Que oferecia ração de supermercado e era cliente de veterinário que cobrava o mesmo que uma manicure! Aff, tenho verdadeiro horror de quem economiza com seus amigos peludos!). Atraiu também algumas poucas pessoas ótimas (uma delas acabou se apaixonando pela Charlotte, no dia do "test drive"), mas, por um motivo ou outro, acabou ficando e ficando, até que ficou de vez :). Hoje vive com tudo do bom e do melhor (ração superpremium, veterinário especialista em felinos, casa cheia de arranhadores, fontes de água corrente, brinquedos e prateleiras!)

Gucci e Nutella (irmã do Mousse e da Charlotte) foram adotados juntos, agora moram num apartamento seguro, cheio de brinquedos e serão atendidos por  especialistas em felinos. 

Charlotte (irmã da Nutella e do Mousse), rebatizada de Pretinha, foi adotada para fazer companhia para o Xarope, de quem ficou amiga quase que instantaneamente.  Seu lar definitivo é um apartamento espaçoso e seguro, onde tem todos os mimos que um gato precisa para viver feliz e saudável. Pretinha será paciente da Mariana Moura, veterinária especialista em felinos que mora no nosso ♥. :)

Muffin e Caramel (irmãos da Paçoca e Jujuba), rebatizados de Messi e Amy, foram morar num apartamento todo telado aqui mesmo em Niterói e continuarão pacientes da tia Mari Moura, especialista em felinos e nossa vet do ♥ 

Paçoca (da mesma ninhada do Muffin, Caramel e Jujuba) é agora a segunda "filha felina" de uma família muito bacana, que topou trocar todas as telas removíveis por fixas e ainda comprou uma fonte de água corrente para que a pequena tivesse, no novo lar, o mesmo tratamento VIP que recebia no lar temporário.  Paçoca será atendida por veterinária especialista em felinos ♥. 

Bardot ficou muito, muito tempo esperando por seus humanos de estimação. Já estávamos quase perdendo as esperanças quando a família certa pra ela, finalmente, apareceu!
Para saber mais, leia:
"Forever home" da Bardot

7 comentários:

  1. gostaria de adotar! eu perdi um gato q era tudo para mim e minha esposa, ele dormia com agente e um dia apareceu uma gata e ele foi atras e nunca voutou . ate hoje eu ainda procuro.

    ResponderExcluir
  2. Vc só pode estar de brincadeira, né, Machado? Qual parte dos nossos critérios de doação vc não entendeu? Gato só foge de casa/apartamento sem telas. Atrás de fêmea só se não for castrado. Coisa de bicho criado de forma absolutamente IRRESPONSÁVEL, o que é inaceitável nos dias de hoje, com tanta informação de GRAÇA pra qualquer um com acesso à internet! Pelamor...

    ResponderExcluir
  3. adotar adulto foi ótimo pra mim. Sinto que já conhecia o jeitinho do panetone quando o trouxe pra casa...claro que depois de dois meses de convivência intensa, ele ficou um pouco diferente, mas só um pouquinho mais folgado, carinhoso e gostoso! ;P tudo de bom, né? e ele também se esconde das visitas! se convencer meus pais a dar um amiguinho pra ele no futuro, ou se eu mesma fizer isso em casa, creio que será outro adulto! :) bardot é linda, vou torcer por ela!

    ResponderExcluir
  4. Há um bom tempo venho pensando em adotar um gatinho e, pesquisando, encontrei o blog de vocês. Muito informativo, realmente ajuda a esclarecer as coisas, especialmente para "iniciantes" nessa paixão por gatos, como eu! Tive cães a vida toda (sete!) na minha casa anterior e nos mudamos para um apto depois que eles faleceram... Desde então, venho sentindo muito a falta da companhia e do carinho que damos e recebemos quando temos uma bichinho.
    Vou vir sempre aqui, também sou de Niterói ;)

    E a Bardot é um escândalo de linda. Com esse nome também... Nem olharei muito ou acaba apaixonada! rs
    Abraços e bom trabalho, pessoal!
    Luana

    ResponderExcluir
  5. Fico feliz em saber que o blog foi útil pra vc, Lua.
    E não esqueça de telar as janelas qdo decidir adotar um gatinho!

    ***

    Torço para que seus pais aceitem dar um amiguinho (ou uma amiguinha) para o Panetone, Marina. ;)

    ResponderExcluir
  6. Olá! moro em um apartamento todo telado e tenho uma gata, minha primeira, sempre tive cachorros. Milha filhota tem 10 meses e estou querendo dar um irmãozinho p ela, pois ela passa muito tempo sozinha. Estou na dúvida entre um filhote ou um adulto. Minha gata é super calminha, não destrói nada e é um pouco ciumentinha. Anda atrás de mim por todo ap e dorme na minha cabeça. Tenho medo de levar um outro gato e ela não se adaptar. Vcs acham que é mais facil a adaptação de um "adulto" (ela nem é adulta ainda...) com filhote ou com outro da mesma idade? Preferiria um maiorzinho, para poder escolher a personalidade, Gostaria que fosse calminho como ela, do tipo que dorme no colo. Mas não sei se seria melhor um filhote para se acostumar com ela...
    Parabens pelo blog de vcs!

    ResponderExcluir
  7. Eu acho que tem mais a ver com o temperamento e a técnica de adaptação do que com idade.
    Leia este texto:
    http://me-adota.blogspot.com.br/2011/03/adaptacao-da-nat.html

    ResponderExcluir

O recado deixado aqui, mostrará a educação recebida em casa. Pense antes de postar. :)