FAQ

Respostas para as dúvidas frequentes (leia antes de enviar email ou comentário!)



1. SOBRE O PROJETO E O BLOG

Para saber o básico sobre o Adote 1 Miau, leia:

Sobre o blog

Para saber como nossos resgatinhos são cuidados, leia:
Motivos para adotar conosco

Achei um gato, mas não posso ficar com ele, vocês podem vir buscá-lo? 

NÃO, não podemos.  O gato que você achou é sua responsabilidade, faça a sua parte!
LEIA: Achei um gato na rua...e agora?

Preciso doar um gato, vocês podem divulgá-lo no blog?
Este blog não foi criado para divulgar gatos resgatados por outras pessoas, apenas os resgatados pela nossa família (cuidados e doados com critérios rigorosos). Se você precisa divulgar um gato, acesse:
Gatinhos de Toda Parte
Adoção Animal
Amigo não se Compra

Como posso ajudar o Adote1Miau?
Não precisamos de ajuda financeira, mas divulgação é sempre bem-vinda. Você pode incluir o link do nosso blog em seu site, compartilhar nossos gatinhos no facebook, etc.

***

2. SOBRE O PROCESSO DE ADOÇÃO


Como faço para adotar um gato com vocês?

Antes de tudo, leia com atenção nossos critérios de doação, se você se encaixar no perfil de adotante que buscamos, envie um email de apresentação para adote1miau@gmail.com
* não adianta deixar recado com número de tel/cel, os primeiros contatos com os candidatos são feitos exclusivamente por email!


"Onde posso pegar o gato?"
Em lugar nenhum. Nós fazemos questão absoluta de entregar o animal doado na nova casa, checar pessoalmente a segurança do local e conhecer a família que irá cuidar dos nossos protegidos.

Posso conhecer os gatos anunciados no blog?
Não antes de passar pela entrevista. Depois de ter seu questionário aprovado, o futuro adotante será bem-vindo para uma visita. Antes disso, nem pensar! Nossos gatos não ficam num abrigo, ficam em nossa casa, portanto, não faria o menor sentido abrir nossas portas para qualquer estranho querendo "conhecer os gatinhos" (ou, pior, querendo apenas descobrir nosso endereço para despejar ninhadas na nossa porta). ¬¬

Quero adotar, mas não quero esperar. Por que não posso receber o gato em casa hoje?
Porque não gerenciamos uma espécie de "gatinho delivery". Existem etapas das quais não abrimos mão. Pressa não combina com doação bem-feita, muito pelo contrário. Sem contar que ninguém precisa de um gato "para ontem", adoção nunca deve ser feita por impulso.

***

3. SOBRE NOSSOS CRITÉRIOS DE DOAÇÃO

Por que tantas exigências?
Porque não estamos distribuindo brinquedos, mas doando criaturas vivas que precisam de segurança e merecem respeito. Cuidamos de todos os animais resgatados como se fossem nossos, com tudo do bom e do melhor, durante meses e queremos que sejam tão bem tratados no novo lar como são na nossa casa. Só doamos gatos SAUDÁVEIS. Todos os "resgatos" são alimentados com ração superpremium (da Royal Canin, além de porções diárias de patês e sachês), passam por consulta com nossa veterinária de confiança, que é especialista em felinos, recebem todos os tratamentos necessários (incluindo cirurgias e internações), são castrados antes da doação, testados para FIV e FeLV e nada disso sai de graça (tudo sai do nosso bolso). Nosso objetivo não é distribuir "brindes" para quem chegar primeiro, mas fazer a diferença real na vida do animal resgatado.

Vocês não acham que com tantas exigências acabam espantando o adotante?
Não, não achamos. Nossas exigências espantam apenas o tipo de pessoas que queremos espantar (adotantes irresponsáveis e mesquinhos). Nosso álbum "antes e depois" é a prova de que nossas exigências não espantam o tipo de adotante que buscamos e que nossos protegidos merecem.


Não tenho telas, mas prometo manter minhas janelas sempre fechadas. Posso adotar?
Não conosco. E manter janelas sempre fechadas no calor do Rio de Janeiro, durante mais de 15 anos (alguns gatos passam dos 20 anos)? Sei...
Entenda o motivo desta exigência aqui

Não doar para quem mora em casa é um absurdo!
Entenda os nossos motivos aqui.


Por que vocês não doam para quem nunca teve gatos?
Nosso questionário é praticamente todo baseado em como as pessoas cuidam dos gatos que têm, é através das respostas que conseguimos avaliar o adotante e tomar a decisão de doar ou não um de nossos "protegidos". Questionários de quem nunca teve gatos voltam praticamente em branco, não nos ajudam a nos sentir seguras o suficiente para doar e acabamos criando uma situação desagradável para ambas as partes. (Isso não significa que "marinheiros de primeira viagem" não possam entrar em contato em busca de dicas sobre cuidados, manejo, etc. Pessoas civilizadas e interessadas em aprender serão sempre bem-vindas)

Por que vocês fazem tanta questão de veterinário especialista em felinos? 
Porque não queremos que nossos protegidos tenham suas vidas encurtadas por veterinários incompetentes, que não conseguem diagnosticar corretamente doenças específicas de gatos, prescrevem medicamentos errados, em doses erradas. Nem vacinar corretamente sabem. Minha dúvida é: por que alguém que mora numa cidade cheia de especialistas em felinos, escolhe uma porcaria qualquer para cuidar dos gatos que diz "amar"? 

Por que não posso adotar um gato para presentear minha filha de 2 anos?
Porque não presentear sua filha de 2 anos com um BRINQUEDO? Afinal, animais não são objetos. O que vai acontecer se sua filha de 2 anos enjoar do bichinho daqui a 1 mês? Ou, durante uma brincadeira, for arranhada ou resolver puxar o coitado do gato pelo rabo ou pata e causar uma lesão grave? Quem tem que querer o animal é VOCÊ! Você terá a obrigação de cuidar, limpar a caixa de areia diariamente, escovar os pelos, alimentar e pagar despesas altas com veterinário quando necessário. Então, a pergunta correta não é se você pode presentear sua filha, mas se VOCÊ quer assumir essa ENORME responsabilidade (gatos bem-cuidados podem viver mais de 20 anos). Pense nisso!
_____________________________________________________________________

Daqui para baixo o "FAQ" é, na verdade, uma "homenagem" aos nossos haters, que não se cansam de nos enviar emails/comentários engraçadinhos desde 2006! Como fazemos um trabalho VOLUNTÁRIO, de alto nível, super-responsável e que é bancado integralmente por nós mesmas, não levamos em conta quaisquer críticas, especialmente de quem não mexe um dedo para ajudar nada nem ninguém neste planeta. Geralmente ignoramos totalmente emails e comentários grosseiros, mas alguns são tão surreais que merecem respostas públicas :)

Por que eu me submeteria a tanta burocracia se posso adotar um gato no pet shop da esquina?
Faça isso! Gatos abandonados precisando de um lar existem aos montes por aí, infelizmente, e merecem uma chance tanto quanto os nossos. Você pode também resgatar um direto das ruas! Mas, claro, esteja ciente dos gastos que terá com consulta inicial, vermífugo, antipulgas, castração, medicamentos, possíveis internação e cirurgia. Nossos gatos já passaram por tudo isso e são doados saudáveis, castrados, testados para FIV e FeLV, mas isso é só um "detalhe", claro. :)

Com tanto bicho abandonado, eu acho um absurdo fazer tantas exigências! Eu não estou tentando adotar uma criança!
Absurdo seria resgatar animais maltratados, gastar pequenas fortunas para deixá-los saudáveis, cuidar deles durante meses e depois jogá-los nas mãos do primeiro irresponsável que aparecer.

"Não acho certo manter os animais trancados 24 horas por dia"
Nem eu! Por isso meus gatos, que são criados em apartamento com redes de proteção em todas as janelas e sem acesso à rua, não são mantidos em gaiolas (como muitas pessoas cruéis fazem com os pássaros),  mas num apartamento espaçoso, onde têm acesso total a todos os cômodos. E além do espaço horizontal, aproveitam também o vertical, ou seja, as prateleiras (instaladas especialmente para eles), armários e estantes. Fora as dezenas de brinquedos e arranhadores... :D 

Nem todas as exigências aqui são cabíveis mimimi
É muito comum que os candidatos que foram rejeitados por nós (o motivo de alguém que não se encaixa nem de longe no perfil de adotante que buscamos fazer questão de ser entrevistado, depois de ler nossas exigências, será um eterno mistério para mim. Falta de autocrítica? Analfabetismo funcional, talvez?) ou perceberam que não teriam a menor chance de adotar conosco, fiquem ofendidíssimos e enviem mensagens do tipo (geralmente de forma anônima ou usando perfil fake). Aprendam de uma vez por todas: quem tem o direito de decidir o que é “cabível” ou não, é quem resgata, quem está doando, quem põe a mão na massa, crianças. A opinião de quem está de fora (só ocupando espaço no mundo e consumindo oxigênio), é irrelevante. :)

Eu queria ajudar, mas é tanta burocracia mimimi
QUEREM AJUDAR? TIREM UM GATO DIRETO DAS RUAS! Vão resgatar o gato mais estropiado que encontrarem no Campo de Santana, no Horto de Niterói ou em tantos outros pontos de abandono do Rio de Janeiro. Isso é ajudar. Adotar um dos nossos protegidos não é "ajudar", porque os gatos em questão já foram ajudados (POR NÓS) e estão em perfeito estado de saúde. Adotar um gato nosso é vantagem para o adotante, que precisará se preocupar apenas com a adaptação (que também é orientada por nós).

"Eu queria adotar, mas vocês dificultam, vou acabar comprando um "siamês" por 200 reais"
Não concordam com nossos critérios de doação? NÃO ENTREM EM CONTATO (simples assim). O trabalho que fazemos é de alto nível, totalmente diferenciado, nossos protegidos não são para qualquer um!
Sobre comprar um "siamês" por 200 reais...bom, com 200 reais você conseguirá apenas um lindo SRD (Sem Raça definida) color point (encontrado aos montes para doação por aí).
* fotos de siamês com pedigree, foto de "tipo siamês" - cor/marcação de pelo e raça são coisas diferentes!

O correto não é esperar que adotantes prontos caiam do céu mimimi, mas fabricar bons adotantes mimimi
É aquela velha história: quem doa tem o direito de exigir o que quiser. Quem acredita ser tão persuasivo (ou é tão ingênuo a ponto de acreditar nisso), que fabrique seus frankensteins, eu prefiro escolher adotantes que conhecem e praticam a posse responsável. Meus resgatos nunca (mais) serão cobaias nas mãos de adotantes completamente "crus". Para os "marinheiros de primeira viagem" eu "doo" as informações postadas em meus 2 blogs. Eles que transformem-se em bons adotantes, porque só muda quem quer, quando quer.

Se você se "ofendeu" com nossas exigências e sentiu vontade de enviar umas das "gracinhas" acima, pare e pense no motivo. Os ataques geralmente vêm de quem é rejeitado (ou sabe que não terá a menor chance de adotar conosco) porque não é responsável o suficiente ou é extremamente mesquinho com seus animais. Se for esse o seu caso, não seria (muito) mais inteligente (e maduro) rever seus conceitos e evoluir como adotante em vez de ficar com raivinha e cometer bullying virtual? Seus animais de estimação não merecem mais? 

6 comentários:

  1. Oi por favor, preciso de ajuda. Tenho ma gato adulto, criado em apartamento, e vacinado com a quadrupla. Irei viajar no Natal e terei que levá-lo comigo. acontece que na casa da minha sogra tbm tem um gato que tem acesso a rua, é vacinado so com a quadrupla, e nem sei se esta em dia. Devo vacinar o meu gatinho contra a Felv?
    me ajudem.

    ResponderExcluir
  2. Você já viajou com seu gato antes? Geralmente gatos se estressam muito quando são colocados num território estranho e mais ainda com outro gato adulto sem uma introdução gradual. O ideal seria que seu gato ficasse preso num quarto, não apenas pelo risco de contrair doenças, mas para evitar que fuja! Por precaução, coloque nele uma coleira com placa de identificação. :/

    Não seria melhor ele ficar no apartamento e alguém ir visitar todos os dias para limpar a caixa, trocar a água e encher o pote de ração? Se você for do Rio, posso indicar uma Cat Sitter. É sempre muito melhor para eles permanecerem no próprio território.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nunca viajei com ele, geralmente ele fica no apartamento e minha mãe vai até lá dar comida, mas o problema é que ela irá viajar tbm. Sou de Floripa.

      Excluir
    2. Não conheço, mas as avaliações são boas no facebook:
      https://www.facebook.com/catsitterfloripa

      E tem clínica só de felinos aí (não sei se é perto de onde você mora), que deve oferecer hospedagem ou até indicar cat sitter de confiança:
      https://www.facebook.com/clinicagatosdailha

      Eu te aconselho a não levar o gato ou, se levar, deixá-lo preso num quarto para evitar fuga, estresse desnecessário e doenças.

      Espero que dê tudo certo. ;)

      Boa sorte e bom Natal!

      Excluir
  3. Viajando com gatos:
    http://me-adota.blogspot.com.br/2011/12/hora-de-arrumar-as-malas.html

    ResponderExcluir
  4. Coleiras seguras:
    http://me-adota.blogspot.com.br/2011/12/coleiras-para-gatos.html

    ResponderExcluir

O recado deixado aqui, mostrará a educação recebida em casa. Pense antes de postar. :)